Many thanks to Hanzík for the Czech translations!

tcc-case-title

Um aprendiz perguntou ao mestre Banzen: “O que separa o monge do mestre?”

Banzen respondeu: “Dez mil erros!”

O aprendiz, sem entender, buscou evitar toda e qualquer falha. Um abade percebeu e trouxe o aprendiz a Banzen para uma correção.

Banzen explicou: “Eu cometi dez mil erros; Suku cometeu dez mil erros; os patriarcas do Código Aberto cometeram dez mil erros cada um.”

Perguntou o aprendiz: “E quanto ao velho monge que labuta no cubículo junto ao meu? Certamente ele já cometeu dez mil erros.”

Banzen balançou sua cabeça com tristeza. “Dez erros, mil vezes cada um.”